10 novembro 2008

Filosofia


Afinal, as pessoas são felizes? Atravesso a rua e dez pessoas passam por mim, ando mais um pouco e mais vinte atravessam por mim, em meio a tantos problemas e dificuldades que muitas destas tem em suas vidas, é possível que sejam felizes? Mas pensando um pouco mais a fundo: Como saberíamos que estamos felizes se nunca tivemos tristes? É possível concluir que alguns são mais felizes do que os outros, e o restante só precisa separar um pouco o que realmente é grave dos outros demais “problemas”. Vejo ricos com problemas financeiros e vejo mendigos atirados pelos cantos da cidade. Vejo alguém cujo carro foi roubado, mas também vejo pessoas doentes. Quais destes problemas são os mais graves? TODOS, pois para si, o seu próprio problema é o mais grave, e talvez seja isto que cause a infelicidade de alguns: O fato de não saber que existem pessoas que sofrem muito por problemas muito maiores.
Nada de mais, apenas uma filosofia.


Um comentário:

Maurício disse...

Encontra a felicidade aquele que vê a solução atrás da adversidade e valoriza aquilo que já conquistou.

Deixe seu recado